quarta-feira, 2 de maio de 2007

Feliz apesar do salário!


Li uma matéria na Você S/A desse mês que tinha esse título e confesso que esperava mais, entretanto não posso negar que alguns passos apesar de óbvios não eram exercidos por mim.
Quando se recebe uma promoção, leia-se aumento de salário, tendemos a gastar mais e acabamos nos sentindo mais felizes, porém só no ato da compra.
Logo aquela aquisição perde a graça e precisamos adquirir algo novo. Isso explica minhas pilhas de sapatos, os quais uso regularmente apenas 3 ou 4.
Outro ponto é o vício de se comparar ao vizinho, ao colega, enfim... e como a revista mesmo diz, nos comparamos àquele ser mais rico, e somente os bens materiais, o que ele tem possui e você não. Seria melhor olhar o quanto ele é mais culto, mais conhecedor de vinhos, essas coisas, garanto que seria melhor para nosso intelecto do que a frustração de saber que o carro dele vale 80 e o seu 40.
Depois a matéria diz q gastamos mais com supérfluos do que com bens de primeira necessidade! Achei óbvio, mas tudo bem.
Por fim o texto diz que aumento de salário nem sempre traz felicidade, isso me deixou confusa porque no início o autor mesmo diz que sim e eu também garanto que no meu caso traria sim!
Entretanto sabemos que qualquer montante de dinheiro requer planejamento, que seja então! Mas quem diz que dinheiro não traz felicidade é um romântico e eu retruco com outro ditado do gênero: “Não traz, manda comprar”!!

2 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

QUem inventou essa frase foi o tipo que não recebeu a promoção... ;)

Niki disse...

Claro que traz felicidade! essa frase é a tipica de pobre conformado!
eu quando tenho algum dinheiro extra nem pareço a mesma tal é a alegria de poder gastar!

beijo e obrigada pela visita!