quinta-feira, 31 de julho de 2008

Princesinha não!

Acabei de ler um post indicado por um amigo e o que li não me saiu da cabeça. O texto trata de mulheres sem frescura, mas tudo muito levado ao lado do sexo, entretanto tudo o que li lá é verdade, mulher muito cheia de nove horas é ridícula mesmo.
Tem umas que torcem o nariz se o cara acabou de chegar do futebol e tenta beijá-la, outras se dizem incapazes de isso e aquilo, tem umas que sequer suportam ouvir piadas tidas como “nojentas”.
O que realmente acredito é que no fundo os homens não procuram “princesas” como muitas mulheres procuram “príncipes”, eles querem mulheres de verdade, que riam das suas piadas, que curtam assistir e torcer pelo time dele, que ouçam com interesse os lances que ele fez na pelada com os amigos, que o incentive a meter a cara e ir naquela excursão para ver a final do campeonato, enfim, querem uma companheira, uma amiga.
Ser assim ou fazer tudo isso não a fará menos feminina, pois ele também espera que ela se mostre meiga, delicada, bonita, simpática, e nas horas certas bata aquele bolão só entre eles.
Preciso dar mais detalhes? Não, creio que não!

2 comentários:

Mel disse...

Oie!

Agradeço a visita no blog, e o entendimento que tu teve do que escrevi lá, que resultou nesse post aqui.

É o que eu penso de verdade, e o que muitas outras pessoas pensam também. Acho uma pena que apesar de tudo, ainda exista um certo machismo velado por aí. Ou eu ando conhecendo os homens errados também, né? Vai saber!

Beijos!!!

Paulo disse...

Apoiado. Concordo com a Mel sobre o machismo. Vai levar mais alguns séculos até que a raça masculina consiga evoluir até o ponto que eu considero ideal.

E parabéns pelo niver do blog! O tempo passa tão rápido que a gente nem percebe, né!?

Bjos