sábado, 31 de março de 2012

Amizades verdadeiras


Assistindo novamente Sex and the City - o Filme, voltei a pensar no fato de que poucas são as pessoas que possuem laços tão fortes de amizade como as das personagens.
Quando se ouve dizer que amigos de verdade não enche os dedos da mão, posso completar que talvez não encha sequer os dedos de uma única mão.
A vida é cheia de reviravoltas, as pessoas mudam de cidade, de emprego e quando olha para trás lembra-se de muitas pessoas com carinho, mas pouquíssimas consegue manter contato.
A internet está aí para auxiliar nos reencontros é verdade, mas amizade não pode ser medida pelo número de pessoas que "curtem" ou comentam seu status no facebook,twitter, orkut e etc. Nem e-mails as pessoas mandam mais!! O telefone é para mim a melhor invenção do homem porque te proporciona ouvir a voz de uma pessoa querida esteja ela a quilômetros de distância.
Enfim, é triste tal constatação, entretanto independentemente de serem poucos devemos cuidar e muito bem das amizades que consideremos sinceras.

4 comentários:

Romeu Paris disse...

É isso. Amigo de verdade é raro, a gente não sabe nem como medir quando se tem um amigo. Por isso é que disseram que temos de guardá-lo de baixo de sete chaves, dentro do coração.
Não importa a quantidade de amigos nem a distância onde eles se encontram, vale mesmo o carinho, a lembrança, pensar neles e escrever em sua homenagem como você fez num tom de desabafo. Onde ele estiver vai sintonizar e certo que lembrará de você.
abs.

Igor Carvalho disse...

Venho compartilhar com todos um trabalho de caridade que realizo, é um curso de inglês online 100% gratuito em www.falandoingles.com para quem não tem condições de pagar por um curso ou precisa conseguir um trabalho.

Olívia Keeling disse...

"Só se conhece alguém depois que se come um pacote de sal junto".
Já escutou essa?
Vendo você escrever sobre os amigos....pensei nisso.
Eu sou uma dessas, que mudou de cidade, casou, descasou, perdeu contato, voltou pra cidade.
MAS só restaram poucos amigos de verdade....amigos esses que só contam nos dedos de UMA mão, realmente.
E eles só permaneceram....pois, mudaram junto comigo, seja em distância, pensamento ou coração.

Romeu Paris disse...

É isso, Olivia. Quem diz ter muitos amigos é porque não sabe bem distinguir um do outro. Amigo é amigo, mais que um irmão. Deve ser alguma coisa como o amor, ele é único por alguém.
Gostar de pessoas e perceber ser gostado por outras tantas é bem diferente de amizade de amigo.
Grande abraço.